Buscar
  • simoescruzdaniela

Boas-Vindas e uma reflexão

Atualizado: Jun 2

Olá,


Antes de mais, sejam muito bem-vindos ao novo site da Ginko e em particular, a este espacinho que será a partir de agora um lugar onde vou partilhando convosco reflexões, dicas, receitas e experiências em torno da minha alimentação e do meu estilo de vida :)


E por falar em alimentação, posso aproveitar já este primeiro post para falar um bocadinho da forma como me relaciono com aquilo que como e que cozinho.


A primeira coisa que salta à vista na minha alimentação e na descrição da Ginko é a palavra Vegan, porque de facto é uma forma de rapidamente, fazer o outro perceber em que moldes assentam os produtos e as receitas que desenvolvo. No entanto, como muitos de vocês que por qualquer razão já tiveram um contacto mais próximo comigo, sabem que não gosto de resumir a forma como vejo a comida e os valores que tenho em conta quando escolho o que comer, numa palavra só, num rótulo, que como todos os outros, nos coloca numa caixinha fechada e limitada, associada a inúmeros estereótipos e crenças.


Na minha opinião, o mais importante é sabermos a origem do produto que vamos comprar e o impacto que este causou durante a sua produção e caminho até chegar até nós. Isto, acima de tudo é o que considero o mais importante e que se sobrepõe a qualquer selo vegan. Hoje em dia existe tanta informação e é tão fácil obter respostas que a única dificuldade é encaixarmos a ideia de que quando escolhemos aquilo que comemos, estamos a fazer uma escolha que pode de verdade ter um impacto enorme no planeta e na comunidade global. Quando na fila do supermercado escolhemos comprar Quinoa Portuguesa em vez de Quinoa originária da Bolívia, quando escolhemos comprar um saco de feijão vermelho à Sra. Maria no mercado em vez de 1kg de frango minúsculo no talho, quando escolhemos fazer o nosso leite de aveia em vez de comprar um pacote de leite de vacas "felizes", estamos a mudar a forma como o mercado se direciona, estamos a apoiar produção de comida que nos faz bem, estamos a potenciar o comércio local e estamos, como costumo dizer, a mudar o mundo. Porque acreditem ou não, é possível mudar o mundo através de escolhas alimentares e através do que escolhemos pôr no prato.


Quando descrevo a minha cozinha como consciente, é isto que quero dizer - consciente no impacto que causou e consciente dos efeitos positivos que terá no meu corpo e na forma como me comporto. Porque comida, é muito mais que alimento :)


Espero que gostem do novo site, que seja fácil de navegar, que partilhem com quem vos fizer sentido e que tenham uma semana muito feliz!


Um abraço,

Daniela










0 visualização
  • icon-01
  • icon-02